Quando Chove

Quando Chove

I

Quando chove meu amor,
Me acaba o calor,
Sei que é noite de verão.
Eu estou na madrugada,
O calor se acaba em nada,
E não se acaba a solidão.

II

Amanhece  e vem o dia,
Vem o Sol que irradia,
Então volta a se aquecer
Quase tudo à minha volta,
Nada, nada me importa,
Se eu não tenho você.

Estrib.

(A solidão da madrugada,
(E o Sol do Meio Dia.
(Onde está a minha amada,
(Onde está a chuva fria.

Apolinário P.O.Filho

Aeroporto de Lisboa PT,
02/11/12

4.3-7 0 2 4/ 4.3-7 0 2 4 / 0.5-12/
5.3-9 2 4 5.2-/ 5.3-9 2 4 5.2-/
2.4-3.2-4/4.3-7 0 2 4 /4.3-7 0 2 4/
0.2-1 0.3 (12)/ (12.2)-(14) (12) (11) (12) 9 7 /
(12) (11) 7.2 9 4 2 /2 4 5 2 (11) (12).