No fim ele fica

I

O sonho do Ademar
É  casar com uma mulher rica
No fim ele fica, no fim ele fica.
Tá ficando corôa
E logo a canela estica
No fim ele fica, no fim ele fica.

II

Não é de hoje
Que procura uma ricaça
Mas seu grande desejo
De sonhos já não passa
Só por isso
Tudo isso não se explica
No fim ele fica, no fim ele fica
E fica, fica
E fica, fica.