Andarilho feliz

I

O meu destino
É percorrer mundo
Sou um vagabundo
Sem um vintém
Não tenho Pátria
Não tenho nada
Eu sou da estrada
Sou um ninguém
Mas esta vida
Eu já levo a tempo
É meu exemplo
E é sempre assim.

(Estribilho)

(Eu vou onde quero
(Chego onde quero
(Saio quando quero
(Ninguém manda em mim.

II

Eu já cheguei
A completar anos
Perambulando
E não me cansei
A minha vida
É não ter parada
Esquecendo a estrada
Por onde andei
Agora eu
Não sei se estou indo
Ou se venho vindo
E é sempre assim.

(Estribilho)

III

Na minha vida
De andarilho
Eu sigo os trilhos
Que o mundo quiz
Embora eu
Seja um caminheiro
Sem paradeiro
Mas sou feliz
Sempre sou livre
Por onde ando
Vou caminhando
E é sempre assim.

(Estribilho).