Sobre Apolinário.

Sou do interior de São Paulo,  Município de Pereiras a 140 Km.
da Capital.
Nasci num sítio,  com sete anos ganhei o meu primeiro violão; aos nove anos eu já solava (executava) a Marcha    do Marinheiro,
Quarto Centenário, Abismo de Rosas entre outras.
Aos quatorze anos formei um grupo de seresteiros na cidade de
Pereiras a sete Km do  sítio e todos os fins de semanas nós fazíamos serenatas na cidade e eu cantava minhas próprias canções.
A partir dos dezoito fui cantor de carnaval durante três anos.
Formei também uma banda para tocar em bailes, cujo nome era
Apolo 5 a qual durou alguns anos.
Aos vinte e dois,  fui cantor, compositor e arranjador das minhas próprias composições para cantar no Festival Municipal de Compositores da cidade de Pereiras SP, o qual acontecia todos
os anos na década de setenta a oitenta. 
Nos cinco ou seis festivais em que participei, sempre estive entre o  3º e 8º    colocado, num universo de 60 a 80 compositores.
Hoje, morando na Capital só vivo de recordação,
Fazendo os meus poemas e tocando violão (7 cordas).

                                                   São Paulo, maio de 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.