Pereiras Pereiras

Pereiras Pereiras

I
Pereiras Pereiras

Terra aonde nasci,

Sou um simples seresteiro

Por isso vivo aqui.

II
Cheia de encantos

Esta pequena cidade,

É o leito das poesias

E berço da felicidade.

III
Noites e Noites

eu fico pela Cidade

Cantando minhas canções

Alegrando a mocidade

Com meu violão

em noites enluaradas

Eu e os colegas cantamos

Enfeitando as madrugadas.

Pereiras, Doroti de Góes
Outubro de 1.970.